Por que Sorrir?

postado em: blog | 0

Há muitas razões para que possamos sorrir. Uma delas é que, para sorrir fazemos menos esforço muscular do que para ficar com um semblante tristonho. Outro motivo é que, quando sorrimos, passamos um ar de simpatia e as demais pessoas tendem a confiar mais em nós e se aproximar com menos resistência. Quem sorri também tem menos problemas cardíacos e imunológicos segundo a psiconeuroimunologia, área recente da medicina que estuda a relação mente-corpo. Mas apesar dessas razões que citei, ainda acho que o mais importante motivo para sorrir continua sendo o bem estar que o sorriso nos traz, iluminando nossos dias.

Não há tristeza, dificuldade ou angústia que não diminua após um bom e verdadeiro sorriso. Não há estado de espírito ruim que perdure quando estamos abertos a sorrir e compartilhar com o mundo essa energia gostosa emanada de um lindo sorriso. Quando sorrimos, estimulamos as pessoas a sorrirem. Quando sorrimos, despertamos mais sensibilidade no outro. Quando sorrimos, despertamos nossa luz que ilumina a luz de quem nos cerca. É maravilhoso conhecer alguém que apesar de suas dores existenciais, sem negar a realidade, mantém seu sorriso em seu semblante acima de tudo!

Por que então, com tantos benefícios, há pessoas que não sorriem? Creio que não sorriem, porque suas almas estão doentes. Precisam de amparo psicológico, afeto e apoio prático para os problemas cotidianos. Quem não sorri nos envia uma mensagem subliminar, dizendo: “Ei, não consigo sorrir. Se, portanto, estou abrindo mão de fazer algo tão bom é porque estou com dificuldades. Por favor, me ajude… Sei que muitos dirão que essas pessoas precisam de ajuda, mas nos afastam com sua forma de ser. De certa forma, não deixa de ser verdade. Mas, pense bem: não é justamente para quem está doente que devemos levar o remédio? E qual o remédio para quem não sorri, a não ser cercar-se de pessoas generosas, que possam compartilhar seu bom humor e energias positivas? Mesmo que à princípio alguém próximo a você não aceite bem seu bom humor e seu sorriso, mantenha sua forma de ser, respeitando o tempo do outro.

Lembremos que o sol muito embora não apareça todos os dias, sempre retorna após uma noite escura para trazer calor e vida a todo ser vivo que ele alcança. Que tal sermos o sol na vida de outras pessoas? Quem sabe, abrindo mão de nosso orgulho, não façamos de nosso sorriso uma forma poderosa de libertar almas enclausuradas, mostrando-lhes como a vida pode ser maravilhosa apesar de todos os percalços enfrentados. Eu vou tentar. E você?